domingo, 20 de março de 2016

#My trip to Porto

Hi there!
I have so much to talk about Porto and my trip, OMG I am so fucking excited!
I am the one who have been planing every thing, the apartmant where we will stay, is a little flat with just one room whit a couple bad, a single bad and a bunk bad, a modern house on Santa Catarina Street.
Are so many things to deal whit, the apartment, the places where we want to go, the distances and the locations, the meals, the things that witch one should take.

And most important what I have to take, am freaking out! What should I wear? Will be too could there? Will rain? This is to much clothes? Would I wear this? 

I found a solution:

  • So in respond of all my concerns I had decide write what I will wear every single day, is so much easier now! Of course that I will take one or two more clothes just in case.
  • Than I made a list of other clothes I need to take like: Pijamas, black shirt, pants etc...
  • I made a list too of food I must take.
  • I did a list of bathroom stuff i need to take, like: toothbrush, shampoo, makeup etc...  
  • And finally I did a list of things that doesn't fit in any category like: phone charger, head phones, things like that.
Turns been much more easier than I tough whit all this lists. My
appointment book really help me.

#My trip to Porto

Hi there!
I am going to Porto this spring breaks, and will be awesome!  
In Portugal every one its going in the finalist trip to Spain, and well, am not saying that would´t be fun, because there is the beach, and all that parties day and night, but after I went to a disco, like ALL NIGHT, I was so sick of being there and needed like a all week to recover hours of sleep and my liver, than I thought "I am incapable of spend a all week like this", so I told my best friends that i had decided not to go, because I had realized that I couldn't make my family spent all that money and I just be there like: 
Yeyy   
  

I believe that at some point I would be like this, because I like have fun but I do not enjoy "night" that much.

But don't think that i will be setting on my coach all spreak break, WELL NO! Me and my friends are going on a trip just ourselves, and will be so freaking fun! 
 But explain that better later.



sexta-feira, 5 de fevereiro de 2016

Se a abordagem é agressiva meu numero é 180

  Sou portuguesa mas estou sempre muito atenta a tudo relacionado conosco, mulheres e por isso venho aqui falar sobre a campanha deste carnaval no Brasil, uma campanha que tem como objetivo sensibilizar as pessoas ao assedio sexual e à violência que tem tendência a se acentuar na época carnavalesca.
  Esta campanha apela à denuncia por parte de vitimas ou de testemunhas. 
  Várias figuras puplicas deram voz a esta causa, como a minha adorada Kefera que postou no instagram uma foto sua com a camisola da campanha.
   

A mulher tem direito ao espaço publico

   Desde a adolescência que mulheres por todo o mundo são obrigadas a ouvir piropos pelas ruas.
  O estudo Chega de Fiu Fiu feito em 2013 no Brasil, revela dados chocantes sobre o assédio sexual a mulheres e como isso as influencia.  


  50 milhões das pessoas aboradas no brasil debitam nas mulheres a culpa pelos assédios sexuais sofridos nos espaços públicos.

   26% dos entrevistados declararam que “mulheres com roupa curta merecem ser atacadas."

  Estas afirmações ,são desperziveis e revoltantes, as mulheres têm o direito de escolher a sua roupa sem pensar que o seu outfit pode vir a originar comentários desagradáveis, é inaceitável uma mulher sentir-se intimidada pela sua escolha de roupa. 
  Afinal que mundo de monstros é este onde as mulheres não podem sair de casa vestidas maravilhosamente esentindo-se ainda mais maravilhosas? 

  O estudo Chega de Fiu Fiu revela que 90% das mulheres deixaram de usar roupa decotada por medo de sofrer algum tipo de assédio.


  Lutar contra o assedio sexual é só mais uma das lutas que as Femininas se deparam todos os dias, o assédio de rua é considerado violência. Todas as mulheres têm direito ao espaço publico, têm direito de andarem livremente na rua, vestindo o que quiserem sem medo de serem constrangidas, humilhadas e intimidadas por assediadores.










                      

Piropos Já São Crime

  Crime os piropos sempre foram, simples atos de violência, que merecem punição e agora, segundo o artigo 170º do Código Penal, propostas de teor sexual dão pena de prisão 1 ano ,ou se a vitima tiver menos de 14 anos a pena vai até aos 3 anos.


http://s3.observador.pt/wp-content/uploads/2015/12/3368887_770x433_acf_cropped.jpg
  Se há coisa que me revolta é ir na rua e ser assediada por um camionista gordo a conduzir um camião de batatas fritas, mas por mais que queira acreditar que esta punição vá evitar situações dessas, depois desta noticia ter sido divulgada pelos media em Portugal já fui assediada duas vezes na rua, o que me faz perder toda a fé na mudança. Eu não apresentei queixa, afinal como é que se apresenta queixa do homem que conduzia o camião das batatas fritas?

  Acho que muito poucas serão as mulheres a apresentar queixa e serão menos ainda os juízes a levar estas acusações a serio. O que que me faz afirmar com muita pena mas também muita certeza que o artigo 170º do Codigo Penal não vai mudar nada na nossa sociedade.

sexta-feira, 17 de janeiro de 2014

Quem é que manda?


Numa relação, quem comanda?
Está-se sempre a ouvir aquela expressão “ela é o homem da relação”, mas afinal o que é que isto quer dizer?

Não existe “homem” da relação. Não há aquela pessoa que comanda a relação afinal se a relação é dos sois têm de ser os dois a “comandar”, a tomar decisões, e por mais pequenas e simples que sejam as decisões que têm de tomar deve-se ser sempre tomada em conjunto para depois não existirem aquelas brigas do género “tu é que decides sempre tudo” “eu nunca tenho voto na matéria”, a verdade é que nem homens nem mulheres gostam de parceiros demasiados controladores, por isso quando se estabelece numa relação uma pessoa que gosta de tomar todas a decisões sozinha, acaba sempre em confusão. Por isso as vezes em vez de dizer “sexta vamos almoçar aquele restaurante em frente á tua casa” diga antes “quando é que podes ir almoçar comigo?” pois pequenas decisões destas fazem uma pessoa sentir que não existe o “homem” da relação, que existe igualdade entre os dois isto pode parecer que não mas evita muitos desentendimentos.

 

 

 

O poder das mulheres

O poder e os direitos das mulheres têm vindo a progredir, afinal, desde sempre que as mulheres são tratadas de forma inferior comparado aos homens, á muitos anos até tratadas como escravas dos próprios maridos.

Mas a geração passada (literalmente) ainda têm aquele pensamento antiquado de que eles são “o homem da casa” e a mulher é inferior,  como se existisse algum tipo de anarquia dentro de casa e o homem estivesse no topo (como é obvio). Isto, porque  antes muitas mulheres não trabalhavam sendo dependentes dos homens, mas agora isso já não é assim.

Felizmente o pensamento dos homens tem vindo a evoluir mas ainda não está totalmente desenvolvido. O que prova isto são, como por exemplo, as noticias que vemos nos jornais  sobre os salários das mulheres serem mais baixos do que os dos homens em certos países. Mas felizmente estes casos são cada vezes menos, o status da mulher em termos de direitos e em termos políticos esta bastante melhorado. Mas será que em termos sociais também teve assim tantos progressos?

Muitos homens podem já não tem um pensamento totalmente antiquado, mas se ainda acharem que existe anarquia numa relação isso vai complica-la, pois atualmente, mais do que nunca as mulheres impõem-se perante os homens devido á sua independência.
 
O papel da mulher sem duvida que mudou, agora a mulher é independente, dona do seu nariz e não necessita de um homem para viver, ate mesmo para ser feliz. 
O seu papel mudou, em termos de salários, em termos políticos, como também no seu papel numa relação, a mulher já não é submissa ao homem, ela é independente e cada vez controla mais a relação, controla o homem.
"Uma vez ouvi um homem a dizer que o sonho de uma mulher é encontrar o amor da sua vida, mentira! o sonho de qualquer mulher é comer sem engordar!" Isto é um exemplo que mostra que os homens têm perdido importância na vida das mulheres, agora a mulher já não tem o homem como prioridade na sua vida.